VEJA TAMBÉM:

cozinha

Ser vegetariano: curiosidades, fontes de proteínas, vegetariano x vegano, e receitas.

Imagem: André Nogal
Cada vez mais pessoas pensam em se tornar vegetarianas. De acordo com o Google Trends, o interesse mundial em uma dieta vegetariana ou vegan é maior do que nunca.


No Brasil, a curiosidade também vem aumentando. Veja o gráfico do Google Trends acima, de 2011 até 2015. Muita gente querendo adotar uma dieta com menos ou nenhuma carne, muita gente querendo só entender mais um pouco. Para facilitar a sua vida o Casa&Cozinha reuniu as dúvidas e questionamentos mais comuns sobre o vegetarianismo. Bora ver? :-)

Cozinhar: a dor e a delícia dos vegetarianos

Tornar-se vegetariano é um processo que envolve muito mais do que apenas cortar carnes, peixes e frango do cardápio. É necessário repensar toda a ideia da alimentação. É necessário entender mais as necessidades do seu corpo, e programar melhor o cardápio, para fugir do tédio, e para que as refeições sejam ao mesmo tempo nutritivas e deliciosas. :o)

"Saber cozinhar significa independência, controle da qualidade do que colocamos no nosso corpo e economia. Pra veganos isso também pode significar sobrevivência, sua ou do seu veganismo. Ainda é difícil, e caro, comer fora quando se é vegano e se você não quiser passar fome vai ter que aprender a se virar na cozinha. Não precisa se tornar um chef, basta ser capaz de preparar pratos nutritivos, capazes de preencher o vazio no estômago." Diz a Sandra Guimarães no site PapaCapim.

Redescobrir os sabores e as texturas dos vegetais, frutas, grãos e leguminosas - que antes tinham papel secundário e agora serão a base da alimentação - é uma das maiores delícias e dores dos neo-vegetarianos. Delícia, porque né? Novos sabores, novas receitas. :-) Dor porque feira-lavar-descascar-cortar-cozinhar-lavar-louça.

Vegetarianos são mais saudáveis?


Depende. É possível ser vegetariano e comer basicamente alimentos muito pouco saudáveis, incluindo Coca-Cola e batatas fritas, frituras, pizza, etc. Afinal, nem preciso te dizer, né? Só salada não enche barriga. Bem, pelo menos não sempre sacia.

Mas o mais usual é que o fato de se tornar vegetariano seja um processo que vem junto com a vontade de entender melhor o que se come, inserindo na dieta outros elementos para substituir a proteína animal. A consequência é que variar os alimentos não faz só com que tenhamos todos os aminoácidos que precisamos, mas também as vitaminas, minerais, fibras, entre outras substâncias saudáveis e necessárias para um funcionamento perfeito do nosso corpo.

Posso trocar carne por brócolis?


Imagem: ChooseVeg
Proteínas são como pulseiras feitas de "miçangas", que são os aminoácidos. Nosso corpo sintetiza aminoácidos de duas formas diferentes: ou a partir do zero, ou modificando outros aminoácidos. Alguns aminoácidos (conhecidos como aminoácidos essenciais) vem de alimentos. A dose recomendada de proteína é de 0,8 gramas por quilograma de peso corporal. Assim, se você pesa 80 kilos, precisa de mais ou menos 64 gramas de proteína por dia.

Mas nem toda proteína é igual, nem toda proteína fornece todos os aminoácidos que nosso corpo precisa. As fontes proteína animal geralmente têm todos os aminoácidos de que precisamos. Outras fontes de proteína, como brócolis (que, ao contrário do que diz um meme famoso, possui só 2.82g de proteína por  porção de 100g), frutas, legumes, grãos, nozes e sementes, costumam, individualmente, não ter um ou mais aminoácidos essenciais. Os vegetarianos precisam estar cientes disso. Quem não come carne, peixe, aves (e até ovos ou produtos lácteos) precisa comer vários alimentos que contêm proteínas, a fim de obter todos os aminoácidos necessários para fazer nova proteína. Não adianta comer só brócolis.

A imagem acima mostra a proporção diária ideal numa dieta vegetariana. Embora "porção" seja sempre uma medida pouco exata, dá uma boa ideia.

(Não custa lembrar, quem não é vegetariano também não pode comer só carne, né? Nem só carne e brócolis ;-) A questão aqui é que eliminar uma fonte importante de proteína da dieta exige a substituição por outras fontes. Mas valeria o mesmo para quem eliminasse uma fonte importante de vitaminas, por exemplo.)

Ser vegetariano é perigoso para a saúde?

Só se você comer só batata, macarrão e pão. Mas ninguém aqui tá falando de batatarianismo, carboidratismo... :-/ A dieta vegetariana deve vir acompanhada de um processo de consciência do que se come. De maneira geral ser vegetariano é ótimo para a saúde.

E a soja?

Há quem defenda que a soja e seus derivados sejam substitutos ideais para a proteína. Há quem acredite que a soja é vilã e que seus derivados, como a proteína texturizada - mais conhecida como carne de soja, não são nada saudáveis. Há quem prefira experimentar outros alimentos de origem vegetal, ricos em proteína e ter assim uma alimentação mais natural. Em todos os casos, será necessário colocar a mão na massa e fazer alguns experimentos culinários que podem vir a surpreender até o mais carnívoro dos amigos.

Mas de onde vem a proteína dos vegetarianos?

Imagem: ChooseVeg
- De leguminosas como feijão preto, feijão branco, feijão vermelho, feijão fradinho, lentilha, grão de bico, fava, soja.
- De leguminosas, cereais e sementes germinados como lentilha, grão de bico, feijões, trigo, cevada, alfafa, linhaça, semente de girassol.
- De cereais como arroz integral, arroz negro, quinoa, aveia, milho, cevada.
- De sementes como girassol, chia, linhaça, gergelim.
- De oleaginosas como castanha de caju, castanha do Brasil, amendoim, nozes, amêndoa.
- De vegetais verdes escuros como couve, espinafre, brócolis, vagem.
- De frutas e legumes como coco, beterraba, ervilha, abacate, batata doce, morango, laranja, melancia, banana, goiaba.
- De cogumelos como paris, shitake, shimeji, portobello.

Como sobreviver sendo vegetariano quando amigos, parentes e restaurantes não compreendem esta escolha?


Muita gente só conseguem associar vegetarianismo à massa com molho de tomate? O Buzzfeed fez piada com essa curiosidade/ignorância/adaptação. O SouVegetariano também.

A resposta é aprender a cozinhar. Você não precisa exatamente cozinhar, mas precisa saber, conhecer receitas e entender um pouco mais sobre o seu metabolismo. Porque sim, você vai viver dando mini-palestras, informando a família como vive sem carne, e como eles podem te alimentar também. Vai falar tanto sobre o assunto que precisa entender do assunto e, quem sabe?, pode até criar um blog sobre isso :-)

Vegano x Vegetariano, qual a diferença entre dietas?

Existem muitas outras questões e classificações que diferenciam a dieta vegetariana da vegana, mas vamos ficar com a definição mais corrente:

A dieta vegetariana mais comum é a ovolactovegetariana, que exclui todos os tipos de carnes, mas inclui ovos, leite e laticínios (queijos e iogurtes). A dieta vegana não conta com nenhum produto de origem animal. Ou seja: é sem carne, sem leite e seus derivados, sem ovos, sem mel, etc.

O que muda com a dieta vegetariana?

Ser vegetariano abre portas não só para um novo universo de sabores, mas também para questionamentos relacionados à exploração animal como um todo. Você passa a pensar mais sobre a comida como um todo.

Mas, yey!, tem coisa que fica muito mais leve com a adoção de uma dieta vegetariana. Se você adota uma dieta vegetariana equilibrada vai ingerir muito mais fibras. Isto significa mais visitas ao banheiro, o que acaba se traduzindo em uma pele melhor, e mais energia para o trabalho.

Vegetariano no Casa&Cozinha

Se você é vegetariano, simpatizante ou apenas ama boa comida, inscreva-se para receber as atualizações do Casa&Cozinha! Sempre teremos uma receita nova pra você! :-)

Ser vegetariano: curiosidades, fontes de proteínas, vegetariano x vegano, e receitas. Reviewed by Vivianne Pontes on 6/27/2015 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados ao Casa e Cozinha

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.